Outra forma de dançar o samba, o samba-no-pé não exige a composição com um par, e pode ser acrescentada a outras formas de dançar samba como por exemplo o Pagode e a Gafieira. Acompanhando a velocidade dos Sambas enredos das escolas de samba, tem uma marcação rápida com os pés, insinuada também nos quadris, onde mostra todo o seu charme. O samba-no-pé faz também muito sucesso fora do País, assim como o Carnaval, por ser considerado praticamente um representante oficial do Brasil.

O professor Carlinhos Araujo ensina o verdadeiro samba no pé carioca, com uma didática simples e eficiente, permite que mesmo pessoas com dificuldades, consigam aprender e executar os passos do samba de forma elegante e envolvente.